22.08.14
Quero trabalhar com moda, qual faculdade devo cursar?

Esse post vai servir como continuação de um outro que escrevi no ano passado, o das principais profissões de moda. Como sei que vocês se interessam bastante pelo assunto, achei que seria legal fazer uma continuação do outro só que mais detalhada.

Hoje em dia, a faculdade de moda está entre as principais escolhas de jovens que se interessam pelo universo das grandes indústrias de roupas, calçados, acessórios e uma infinidade de opções. O mercado vem crescendo cada vez mais, e assim surgindo novas áreas de trabalho a cada ano.

Desde pequena sempre soube que também queria fazer parte desse universo. Já pensei em fazer faculdade de moda mesmo, publicidade e até que esse ano, optei pelo jornalismo - vou fazer vídeo contando- . Mas não preciso nem dizer, que quero ser jornalista de moda. Com tantas opções no mercado, fica difícil escolher qual curso fazer, não é mesmo? Sim, esse dilema já aconteceu comigo. Outro quesito muito importante também, é a escolha da faculdade, já que algumas são direcionadas para áreas específicas.

- Jornalismo: esse curso já existe há bastante tempo. Acho que cada faculdade tem um foco diferente, já que a carreira abrange muitas opções de trabalho no mercado. Além de gostar de ler e escrever, o estudante tem que estar sempre conectado com tudo que está acontecendo e não importa qual assunto for.

Se você sonha em trabalhar em alguma revista, site ou até mesmo TV, essa é a profissão ideal. Editores de moda, beleza e colunistas, normalmente são formados em jornalismo. Sou suspeita para falar, pois estou amando meu curso! Outra coisa legal, é que ele te abre portas para trabalhar em outras áreas, que variam desde economia até esportes.

ONDE CURSAR:
- Espm – SP: mais voltada para parte de comunicação, tem excelentes estúdios e uma estrutura ótima.
- PUC – SP/ RJ: a faculdade é bem antiga, mas muito bem conceituada no mercado. A jornalista Vic Ceridono do blog Dia de Beauté se formou lá!
- Cásper Líbero – SP: uma das mais conhecidas no mercado, tem como ênfase formar um profissional que saiba atuar em diversas áreas da profissão.

- Estilista: provavelmente um dos mais requisitados para quem realmente gosta de desenhar e fazer croquis. Além de saber desenhar, você precisa gostar de fazer moldes e costurar. Essa profissão é um pouco complicada, já que existe muita competitividade e é um campo bem específico. Mas não desista, se ser estilista é o seu sonho, corra atrás!

Além de ter sua própria marca, o estilista pode trabalhar em fábricas ou até mesmo em outras lojas. Sem contar que ele é o papel mais importante, pois além de criar, o mesmo precisa estar sempre antenado com as tendências e tudo que estiver na mídia.

ONDE CURSAR:

- Santa Marcelina – SP: para esse ramo, é uma das mais conhecidas e bem conceituadas. A faculdade espera que o aluno possa dominar os conceitos básicos da moda, usar a criatividade e aprender técnicas de desenho.

- Belas Artes – SP: ao contrário das outras faculdades, a B.A tem um grande diferencial, todos seus cursos são voltados para a área das artes. O curso de moda é coordenado pela Valesca Nakad - foi ela quem organizou o curso que fiz em NY - e tem como foco abordar diversos assuntos desse universo e não só a parte da criação.

- Negócios da moda: esse é um curso relativamente novo, porém não deixa de ser interessante. Para quem não sabe, nele você vai aprender como administrar uma marca e tudo relacionado a esse campo. Além disso, ele te dá uma visão bem ampla sobre diversos setores do mercado.

Se você quer trabalhar na parte de varejo de moda, ou até mesmo em indústrias, esse é o curso perfeito.

ONDE CURSAR:

- Ahembi Morumbi – SP: foi a pioneira no mercado nesse setor. Ela tem ótimas referências, inclusive minha mãe fez MBA em Negócios e amou. Sem contar com a infra-estrutura que é excelente.

Espero que tenham gostado do post, quero fazer a terceira continuação dele onde irei falar de cursos de curta duração para se fazer fora do Brasil. Se tiverem sugestão, dúvida, serão muito bem vindas.

Obs: A maioria das faculdades ficam em Sp, pois é uma das cidades que tem maior oportunidade e mais variedade para se escolher!

Fotos: We Heart It

Beijos <3

20.08.14
Vídeo – What’s in my bag da faculdade

capawhats

Olá meninas! Sempre que vocês me pedem uma sugestão de post/vídeo, tento atende-las. Duas leitoras comentaram lá no canal do Youtube, sugerindo para que eu gravasse o what’s in my bag, e aqui está ele! Acho que mulher é curiosa demais, e eu adoro esse tipo de vídeo.

Espero que gostem, e se inscrevam no canal.

Beijos

19.08.14
Look do dia – passeio no parque
Categorias: Look do dia

Esse look foi usado no domingo passado, para o almoço de dia dos pais e caiu perfeitamente para data. Adoro sandálias de salto, mas não sei porque, acho que domingos tem cara de roupas mais casuais rs. Por isso a escolha da saia estampada com a espardille.

Sei que talvez muitas podem discordar da idéia de misturar estampas, mas essa tendência está super em alta. A dica para dar certo é coordenar as cores entre em sí. Para não ficar muito over, é só combinar com peças pequenas, como foi o meu caso, combinei a espardille com a saia.

Eu usei: camisa: Hollister | saia: Lelis Blanc | espardille: Animale

110

111

112

14.08.14
Vlog – última semana de férias

vlog-da-semana

Sim, sei que estou um pouco atrasada para postar esse vlog, mas achei que iriam gostar. Mostrei um pouco da minha última semana de férias, o que fazia no dia-a-dia e várias outras coisas. Ah, como mencionei no vídeo, comecei a fazer faculdade de jornalismo agora e se quiserem posso contar o que estou achando. Só pedir!

Se inscrevam no canal,

Beijos <3

12.08.14
Trabalhando como cast member na Disney
Categorias: Viagem

trabalhando-disney

Se para a maioria das meninas visitar a Disney já parece sonho, imagina trabalhar lá então?! Vocês sabiam que isso é possível? Para aquelas que não sabem, no período de novembro a janeiro cast members – trabalhadores - de todas as nacionalidades e que passaram por um rígido processo de seleção, passam esses três ou dois meses trabalhando nos mais variados rolls. Entre eles você pode escolher: ser merchandise – vendedor -, trabalhar numa atração, restaurante ou até mesmo como um personagem! Claro que eu, fanática pela Disney, estou planejando em ir brevemente.

Para contar um pouco mais sobre essa experiência e esclarecer algumas dúvidas, mandei um e-mail para a fofa da Dani, que já foi cast member três vezes, sendo uma das vezes na Disney da Califórnia, e tem um blog onde conta mais sobre seus dias na terra da magia.

dani-castmember4

Oi gente! Meu nome é Daniela, moro em Brasília, tenho 23 anos, sou formada em Direito, advogada e atualmente concurseira e totalmente apaixonada pela Disney.

1) Trabalhar na Disney parece um sonho para muitas meninas, você pode contar como é possível realiza-lo? Se você viu tudo pela STB ou conta própria e quais os pré-requesitos:

Eu batalhei muito pra realizar esse sonho de ser Cast Member! Tentei participar do processo seletivo em 2009, quando estava começando a faculdade, passei na 1ª etapa (a STB que seleciona, a inscrição é pelo site deles), mas na 2ª, com o pessoal da Disney, fiquei em stand by (em espera). Foi um resultado esperado por mim, pois eu estava muito nervosa com o recrutador da Disney (apesar de ter estudado anos de inglês, não falei muito bem na hora) e ele perguntou se eu tinha experiência em loja, já que minha 1ª opção era Merchandise. Eu só tinha experiência com vendas informalmente e senti que ele não ficou satisfeito com a resposta. Não fui chamada nesse ano e comecei a me preparar pro ano seguinte me dedicando de todas as formas que pude: melhorando meu inglês (fiz um curso de conversação) e trabalhando alguns meses como vendedora em um shopping para conseguir experiência em loja! Depois foi só alegria, em 2010, com 20 anos, fui aprovada nas 2 etapas do processo seletivo e consegui trabalhar como Merchan. Em 2011 fui novamente trabalhar, mas como Attractions. Em 2012 fui Attractions na Disneyland/DCA (California). Alguns dos pré-requisitos pra participar do Cultural Exchange Program (que na minha época era International College Program) é ter 18 anos, estar na faculdade, ter inglês fluente (o suficiente para entender e falar bem na entrevista) e ser flexível. O processo seletivo é difícil, pois muitas pessoas querem trabalhar na Disney, mas o que eu sempre digo é: se não deu dessa vez, tente ano que vem e não desista. É uma experiência que vale muito a pena todo esforço!

2) Conte um pouco sobre seu dia-a-dia, qual era sua rotina, em qual parque trabalhava e o que fazia… (Sei que você foi três vezes rs, escolha a que mais gostou)

Como amei os 3 intercâmbios, vou falar um pouco de cada. Em 2010 trabalhei como Merchan no Hollywood Studios, nas lojas da Rock’n’ Rollercoaster, do Fantasmic e da Tower of Terror, minha área preferida do parque. Vendia os produtos dessas lojas que eu amava e me divertia muito trocando pins e conversando com os guests. Trabalhei também (só um dia) no Magic Kingdom, na grande e agitada Emporium. Em 2011 trabalhei no EPCOT como Attractions/operations na área do Innoventions e IllumiNations. Foi uma experiência totalmente diferente, gostei muito também de comandar a atração e de fazer Guest control, organizando os grupos que iam assistir o show. Em 2012 fui pra Disneyland pensando que ia trabalhar como Merchan, mas chegando lá acabei trabalhando como Attractions/operations no parque California Adventures. Lá eu tinha uma atração na Fliks fun fair, mas trabalhei a maior parte do tempo nas paradas e shows, como o lindo World of Color, o que eu preferia (achava bem mais divertido e podia conversar mais com os guests). Cada dia lá é diferente, não há rotina! Quando você não está trabalhando, há mil coisas legais pra fazer. Eu não parava, ia pros parques, passeava em Orlando, ia pras festas… É muito divertido!

3) Quanto tempo é necessário ficar por lá? Um mês? Dois meses e onde morava…

Fica de novembro a fevereiro, então quase 3 meses. O programa da California dura menos tempo, de novembro a janeiro. Moramos nos condomínios da Disney, com uma ótima estrutura, perto dos parques. Em Orlando há ônibus que leva e pega para o trabalho, super prático. Na Disneyland tem que pegar o ônibus da cidade, mas não é difícil e é de graça (a Disney paga nosso cartão de transporte).

dani-castmember3

4) Essa pergunta é um pouco chata rs, mas acho que muitas tem curiosidade, é preciso desembolsar muito dinheiro para participar do programa?

Além dos gastos com passaporte - caso a pessoa não tenha ainda-, visto, taxas e seguro saúde, tem que levar o suficiente para se manter nas 2 primeiras semanas, pois só recebemos a partir da segunda. Eu levei cerca de $1.500 dólares, mas eles recomendam levar pelo menos $700. Então depende do quanto quer levar pra gastar no início e se quer viajar depois que o programa acaba (o chamado “Grace period”), pois temos 1 mês pra ficar nos EUA com o visto J1 como turista e é comum o pessoal viajar. Contando todos esses gastos essenciais, acredito que gasta, em média, de 7 a 8 mil reais.

5) A Disney é uma máquina de fazer sonhos, trabalhando lá essa magia se perde? Já que os cast members andam pelas passagens subterrâneas dos parques…

Trabalhando lá temos a oportunidade de ver como tudo acontece nos bastidores. Mas, para mim, isso não acabou com a magia. Tanto eu como meus amigos tirávamos fotos com os personagens quando não estávamos trabalhando, nos divertíamos nos parques do mesmo jeito que os guests que não trabalhavam lá.

dani-castmember1

6) No tempo livre, o que fazia?

Muitas coisas! Ia pros parques, pros outlets e shoppings, passeava pela cidade, ia comer em algum restaurante legal, ia pras baladas… Quase não ficava em casa!

7) Vale a experiência? Aprendeu bastante coisa?

Vale demais a experiência! Os programas da Disney mudaram totalmente a minha vida pra melhor. Aprendi muito morando com pessoas que não conhecia e trabalhando em outro país, para a maior empresa de entretenimento do mundo. Hoje dou mais valor às pequenas coisas, sou mais detalhista e atenciosa. Fiz amigos que considero irmãos (alguns até vieram pra minha formatura da faculdade!). Eu me diverti todos os dias lá, vivi cada segundo intensamente, sem desperdiçar nenhuma oportunidade legal. Recomendo tanto o programa em Walt Disney World quanto na Disneyland. Amei trabalhar em ambos, sinto muita saudade de lá e não vejo a hora de poder voltar!

Visitem meu blog, se quiserem saber mais sobre o programa. Boa sorte aos que forem participar dessa experiência incrível e saibam que não serão os mesmos depois desse intercâmbio, pois “once a Cast Member, always a Cast Member”.

Um grande beijo and have a magical day! :)

Ficou com vontade de participar? No site da STB eles explicam melhor sobre esse programa de intercâmbio e divulgam as datas das próximas palestras.

Dani, muitíssimo obrigada mais uma vez. E vocês meninas, gostaram do post? Se tiverem alguma dúvida, deixem aqui nos comentários que a Dani vai responder.

Fotos: acervo da Dani 

 

Beijos <3