textos

Quero trabalhar com moda, qual faculdade devo cursar?

Esse post vai servir como continuação de um outro que escrevi no ano passado, o das principais profissões de moda. Como sei que vocês se interessam bastante pelo assunto, achei que seria legal fazer uma continuação do outro só que mais detalhada.

Hoje em dia, a faculdade de moda está entre as principais escolhas de jovens que se interessam pelo universo das grandes indústrias de roupas, calçados, acessórios e uma infinidade de opções. O mercado vem crescendo cada vez mais, e assim surgindo novas áreas de trabalho a cada ano.

Desde pequena sempre soube que também queria fazer parte desse universo. Já pensei em fazer faculdade de moda mesmo, publicidade e até que esse ano, optei pelo jornalismo – vou fazer vídeo contando- . Mas não preciso nem dizer, que quero ser jornalista de moda. Com tantas opções no mercado, fica difícil escolher qual curso fazer, não é mesmo? Sim, esse dilema já aconteceu comigo. Outro quesito muito importante também, é a escolha da faculdade, já que algumas são direcionadas para áreas específicas.

– Jornalismo: esse curso já existe há bastante tempo. Acho que cada faculdade tem um foco diferente, já que a carreira abrange muitas opções de trabalho no mercado. Além de gostar de ler e escrever, o estudante tem que estar sempre conectado com tudo que está acontecendo e não importa qual assunto for.

Se você sonha em trabalhar em alguma revista, site ou até mesmo TV, essa é a profissão ideal. Editores de moda, beleza e colunistas, normalmente são formados em jornalismo. Sou suspeita para falar, pois estou amando meu curso! Outra coisa legal, é que ele te abre portas para trabalhar em outras áreas, que variam desde economia até esportes.

ONDE CURSAR:
– Espm – SP: mais voltada para parte de comunicação, tem excelentes estúdios e uma estrutura ótima.
– PUC – SP/ RJ: a faculdade é bem antiga, mas muito bem conceituada no mercado. A jornalista Vic Ceridono do blog Dia de Beauté se formou lá!
– Cásper Líbero – SP: uma das mais conhecidas no mercado, tem como ênfase formar um profissional que saiba atuar em diversas áreas da profissão.

– Estilista: provavelmente um dos mais requisitados para quem realmente gosta de desenhar e fazer croquis. Além de saber desenhar, você precisa gostar de fazer moldes e costurar. Essa profissão é um pouco complicada, já que existe muita competitividade e é um campo bem específico. Mas não desista, se ser estilista é o seu sonho, corra atrás!

Além de ter sua própria marca, o estilista pode trabalhar em fábricas ou até mesmo em outras lojas. Sem contar que ele é o papel mais importante, pois além de criar, o mesmo precisa estar sempre antenado com as tendências e tudo que estiver na mídia.

ONDE CURSAR:

– Santa Marcelina – SP: para esse ramo, é uma das mais conhecidas e bem conceituadas. A faculdade espera que o aluno possa dominar os conceitos básicos da moda, usar a criatividade e aprender técnicas de desenho.

– Belas Artes – SP: ao contrário das outras faculdades, a B.A tem um grande diferencial, todos seus cursos são voltados para a área das artes. O curso de moda é coordenado pela Valesca Nakad – foi ela quem organizou o curso que fiz em NY – e tem como foco abordar diversos assuntos desse universo e não só a parte da criação.

– Negócios da moda: esse é um curso relativamente novo, porém não deixa de ser interessante. Para quem não sabe, nele você vai aprender como administrar uma marca e tudo relacionado a esse campo. Além disso, ele te dá uma visão bem ampla sobre diversos setores do mercado.

Se você quer trabalhar na parte de varejo de moda, ou até mesmo em indústrias, esse é o curso perfeito.

ONDE CURSAR:

– Ahembi Morumbi – SP: foi a pioneira no mercado nesse setor. Ela tem ótimas referências, inclusive minha mãe fez MBA em Negócios e amou. Sem contar com a infra-estrutura que é excelente.

Espero que tenham gostado do post, quero fazer a terceira continuação dele onde irei falar de cursos de curta duração para se fazer fora do Brasil. Se tiverem sugestão, dúvida, serão muito bem vindas.

Obs: A maioria das faculdades ficam em Sp, pois é uma das cidades que tem maior oportunidade e mais variedade para se escolher!

Fotos: We Heart It

Beijos <3

Related posts:

6 Comments

Não passei no vestibular e agora?


Oi meninas, tudo bem?
No meu último post aqui no blog, eu falei sobre como começar a preparar o currículo para aquelas que já estão a um passo de entrar na faculdade e consequentemente procurar o seu primeiro emprego. Mas não me esqueci daquelas que infelizmente não foram aprovadas no vestibular. O que fazer? A resposta teórica é bem simples: estudar para a próxima prova, mas infelizmente na prática não é bem assim né?!

A decepção pós prova e resultado negativo faz parte, porém, ela tem que ter prazo de validade. Não dá para se lamentar para sempre, portanto, vamos às dicas para arrasar na próxima:

1 – Faça com que essa sua experiência “negativa” se torne um aprendizado. Pegue a correção original da prova e veja o que errou e quais os possíveis motivos que a fizeram cometer o erro. Com a prova em mãos, fica mais fácil identificar os pontos fracos.
2 – Reformule a sua rotina de estudos, mas tenha cuidado ao passar pelas matérias já “conhecidas”. Não as pule,
3 – Converse com amigos que foram aprovados e tente incorporar a rotina de estudos que eles utilizaram.
4 – Não desanimem. Não deixem que a reprovação do vestibular passado fique te assombrando, pois, esta frustração pode te prejudicar de alguma forma na realização da prova.
5 – Lembrem-se: Não passar no vestibular é a coisa mais normal do mundo. Há poucas vagas para muitos candidatos. Se você não passou de primeira, certamente sua vez está por vir.

Por hoje é isso. Gostaria que deixassem sugestões sobre algum assunto que vocês queiram saber, ou tem dúvidas e curiosidades. Às vezes fico sem saber qual o assunto que vocês mais gostam.
Beijos
Bia Ribeiro
Facebook: http://www.facebook.com/anabeatrizribeiroo Instagram: @biaribeiro25

Related posts:

1 Comment

Acredite na força dos seus sonhos


Quem nunca se imaginou com tal pessoa, em tal lugar e queria que tudo aquilo que você está pensando fosse verdade?! Acho que todas nós.

Os sonhos fazem parte da nossas vidas, dia-a-dia e de nossos pensamentos. Diferentemente dos homens, somos mais sensíveis e qualquer coisinha nos deixa magoada, mas isso é normal, nossos hormônios estão a mil e quando acontece qualquer situação que não gostaríamos que acontecesse, ele nos envia mensagens e essas mensagens muitas vezes são nossas lágrimas, a depressão e a vontade de sumir e nunca mais aparecer.

Tudo passa, um dia vamos sorrir só de lembrar das situações que passamos e pensar: “meu Deus como eu era ridícula”! Mas isso tudo faz parte da idade, maturidade, são coisas da vida que só o tempo vai nos ensinar a enfrentá-las. Não pare nunca de sonhar e jamais abaixe a cabeça para vida, temos que aprender com nossos erros.

Toda noite eu me vejo pensando como eu queria que minha vida fosse daqui para frente, o que eu espero para o meu futuro – já que esse ano presto vestibular – , e como – eu ANA CAROLINA – me vejo daqui há uns dez anos. Sinceramente não tenho UMA resposta, mas sim várias, porém já que não estou no futuro, preciso pensar no presente e tentar fazer o melhor para que o meu futuro seja do jeito que eu imagino. Além de sonhar, preciso colocar esses sonhos num papel e torná-los realidade. Um bom exemplo disso é o blog, jamais esperei que ele fosse ser assim, mas estou sempre pensando positivamente e pensando no que posso fazer para torna-lo cada dia melhor, por isso nunca desista dos seus sonhos, por mais maluco que ele for. Lembre-se: nada é impossível se você tiver força de vontade!

Ps: esse texto foi realmente escrito por mim, gostaria muito de saber a opinião de vocês!

Related posts:

4 Comments

Texto da Malu: Homem perfeito, existe?!

Postado por Malu Penalva

Todas nós ficamos idealizando o homem perfeito. Fofo, que nos dê atenção, romântico… E antes de dormir pensamos em tudo o que poderíamos fazer juntos, criamos cenários em nossas cabeças e momentos perfeitos, mas quando chega a hora H, a gente sempre acaba escolhendo o que não é nada parecido com o nosso principe encantado. Fica com aquele que sempre tentamos esquecer e seguir adiante, mas toda vez te puxa pra trás feito um imã.

Eu sou auto-suficiente, mas não o suficiente para negar. Nem em sonho te negaria… Belo filho da mãe, me ilude, fazendo acreditar que dessa vez vai ser diferente e que vai se tornar o príncipe, aquele que sempre vivo sonhando em ficar junto. Mesmo que palavras bonitas se tornem descartáveis perto das atitudes estúpidas que nem dizia Kurt Cobain, basta um sussurro no ouvido, dizendo tudo o que ele sabe que quero ouvir e lá se foram todos os meus planos por água abaixo. Não é justo. Não era o que eu queria. Queria te ignorar, ser difícil, apagar seu número e todas as mensagens, pois já disse tudo o que tinha para dizer… Mas você me conhece o suficiente para saber qual é o meu ponto fraco. Então não consigo parar de falar com você e até tento fingir que estou ocupada demais para te responder porque parece certo. Tudo fica parecendo certo quando a gente quer fazer. Mesmo não sendo. É tudo questão de querer. Eu quero ir embora, mas agora não consigo… Então é a ultima vez… Prometo.

Beeeeijos,

Malu Penalva!

Related posts:

0 comment

1 2