Quando pequena, eu colocava meus braços dentro da blusa e dizia as pessoas que não os tinha mais. Eu reiniciava o vídeo game toda vez que sabia que iria perder. Eu ia dormir com todos os meus bichinhos de pelúcia para que nenhum ficasse chateado. Eu tinha aquela caneta com 6 cores em uma só e tentava puxar todos os botões mesmo tempo. Eu tomava guaraná fingindo que era champanhe ou comia vááários tic tacs ao mesmo tempo fingindo ser remédio. Ficava esperando atrás da porta para assustar alguém, mas quando percebia que estava demorando muito saia porque tinha que fazer xixi. Eu fingia estar dormindo só para o meu pai me carregar para a cama. Eu costumava pensar que a lua seguia meu carro. Ficava observando aquelas duas gotas de chuva pela janela e fingia que elas estavam competindo. Eu engolia o carroço das frutas e morria de medo que crescesse uma arvore no meu estomago. Lembra quando eramos crianças e não podíamos esperar para crescer? O que a gente tinha na cabeça?

 Beijos, Malu

Facebook Comments

Related posts:

Estudante de jornalismo, apaixonada por moda desde pequena e vê no blog um espaço para compartilhar suas dicas e idéias.