Oii meninas, queria agradecer por todas as respostas positivas sobre os textos! Eles nunca passaram de uma forma de “diário” para mim mesma, então saber que vocês gostam é muito legal! E me desculpem pelo sumiço! Hahaha, enfim eu escrevi esse texto, para inspirar vocês a dizerem o que sentem, pois pode dar mais certo do que imaginam.

Eu quero você. Antes eu só falava o que penso, mas agora eu quero dizer o que sinto: eu te amo. Eu nunca disse isso antes por falta de coragem, por medo de sofrer… Mas não adianto nada, porque eu acabei sofrendo do mesmo jeito. Ainda foi pior porque eu fiquei me cobrando por não ter sido sincera e clara com você. Eu acho que fui mesquinha, pois o amor sempre é bom, sempre é bem-vindo, tanto pra quem sente, tanto pra quem recebe. Eu sei que você vai ficar chocado e sem saber o que dizer, até eu mesma não me reconheço por estar te falando todas essas coisas. Eu não sei que força foi essa que me empurrou até aqui, mas eu só tenho a agradecer. Acho que isso que é lutar pelo nosso amor né? Não sei se é certo eu falar essas coisas para um homem, eu estou me expondo demais. Uma mulher não costuma fazer isso, é contra qualquer ideal. Mas não importa. Alguma coisa aqui mudou e eu me sinto autorizada a dizer que eu te amo, que te quero mais do que tudo, pois eu me sinto totalmente vulnerável quando eu estou perto de você. Eu não pensei nas conseqüências de te falar tudo isso. Não é jogo. Eu não sei fazer esses joguinhos com sentimentos, nem com os meus, nem com os de ninguém. Mas sejam elas quais forem eu não me arrependo de finalmente falar o que sinto.

Beijos,

Malu Penalva

Facebook Comments

Related posts:

Estudante de jornalismo, apaixonada por moda desde pequena e vê no blog um espaço para compartilhar suas dicas e idéias.